BLOG Malta

Rabat


Rabat tem sua própria parcela da história de Mdina. Com a redução do tamanho da cidade de Mdina, Rabat começou a ganhar importância como subúrbio da principal cidade. Quando as ordens religiosas começaram a chegar na época medieval, elas montaram seus conventos e igrejas dentro de seus limites. Eles ainda estão lá hoje funcionando como centro de espiritualidade, arte e cultura.



A famosa Gruta de São Paulo, tradicionalmente considerada o lugar onde São Paulo foi mantido durante sua estada de três meses no ano de 60 dC, está situada abaixo da Igreja de São Paulo na praça principal.

A área de Rabat também é famosa por seus muitos passeios pitorescos pelo campo. Esta é uma zona altamente agrícola com uma paisagem variada que valoriza os passeios pedestres. Os imponentes penhascos de Dingli são populares entre os caminhantes e oferecem muitos pontos de vista que fornecem cenários diferentes, especialmente ao pôr do sol.







Nos arredores de Rabat fica o Buskett Gardens, uma pequena área florestal que foi a reserva de caça favorita dos grandes mestres. O pequeno, mas bem fortificado palácio de Verdala foi erguido no século XVI, para ser usado como retiro rural do grão-mestre. Também foi usada como o retiro pelos governadores britânicos e hoje é a residência oficial de verão do presidente de Malta.







Não muito longe de Buskett, existe também um complexo de cavernas conhecido localmente como Ghar il-Kbir que até o século XIX ainda era habitada por uma grande comunidade que ganhava a vida cuidando de ovelhas e cabras e cuidando dos campos.



Em torno do mesmo complexo de cavernas, existem antigas pedreiras romanas, os enigmáticos sulcos de carroças (popularmente conhecidos como Clapham Junction por seu layout intrincado) e também tumbas púnicas.





A domus romana

A domus romana é uma casa de cidade construída dentro da cidade fortificada de Melita, o nome da ilha e a principal cidade durante a época romana.





O pavimento de mosaico mais impressionante desta casa indica a riqueza e o status de seus proprietários. A melhor parte sobreviveu ao passar do tempo praticamente intacta, embora, durante os séculos X e XI, um cemitério muçulmano se tenha instalado  por cima das ruínas da casa. Os pavimentos indicam que foram feitos por um artista itinerante muito hábil e influenciado pelo estilo helenístico. Os vários quartos foram ricamente decorados, embora alguns deles estejam em ruínas.





O peristilo posicionado no centro cercado por 16 colunas de pedra, dos quais apenas fragmentos sobreviveram. O museu que foi montado em torno deste edifício palaciano, narra a descoberta do local e do cemitério muçulmano. Pode-se ver lápides muçulmanas, materiais domésticos associados aos romanos, grandes estátuas e fragmentos de mosaicos. Atrás do museu, é possível vislumbrar parte da cidade romana de Melita.





As catacumbas

Datadas do período romano, existem muitas catacumbas espalhadas por Rabat. O maior complexo são as Catacumbas de São Paulo, enquanto as Catacumbas de Santa Aghata, nas proximidades, são muito decorativas. Essas catacumbas eram cemitérios usados a partir do início do século IV dC, porque o sepultamento não era permitido dentro das muralhas da cidade.







Vila de artesanato Ta 'Qali

A vila de artesanto Ta 'Qali está localizada nas antigas cabanas do campo de aviação abandonadas logo abaixo de Mdina. Neste aglomerado de pequenas cabanas,vende-se todo o tipo de material artesanal da região. Na maioria dos casos, os próprios artesãos tendem a trabalhar nos fundos dessas lojas, para que os visitantes possam ver o trabalho que está sendo feito e criado na frente deles. Entre as lembranças mais interessantes e típicas das ilhas encontram-se rendas, cerâmicas, trabalhos em filigrana, cavaleiros modelados em metal, vidros locais, cachimbos, minúsculas casas modeladas e cerâmicas.









Partilhar isto


Relacionado

Campanha Djerba Lovers
Categoria: Blog

Black Friday
Categoria: Blog

Malta